Elói Mendes terá eleições suplementares em julho

As eleições acontecem após a cassação da chapa eleita, em 2016.

O TRE marcou para o dia 7 de julho as eleições suplementares para prefeito e vice de Elói Mendes, no Sul de Minas.

As novas eleições ocorrerão depois que a chapa eleita em 2016 ter sido cassada. Faziam parte da chapa o prefeito Wiliam Cadorini e o vice-prefeito Marcos Miranda Sodré Mendes. O motivo foi a prática de conduta vedada a agente público em período eleitoral, A confirmação da condenaçãofoi feita pelo TSE em abril de 2019.

O prefeito, então candidato à reeleição, realizou a 12ª EXPOEM, evento custeado pela municipalidade e que foi considerado como promoção da campanha eleitoral dos cassados. 

Escolha dos candidatos

Os partidos poderão fazer convenções para a escolha dos candidatos entre 29 de maio e 2 de junho. O prazo para entrega dos pedidos de registros dos candidatos à Justiça Eleitoral é até 6 de junho, às 19h. A partir do dia 7 de junho, os candidatos podem iniciar a propaganda eleitoral

As eleições serão das 8h às 17h, com as mesmas Mesas Receptoras de votos constituídas para as eleições que aconteceram em outubro de 2016. A diplomação dos candidatos eleitos deve ocorrer até o dia 26 de julho. 

A partir de 6 de junho até a proclamação dos candidatos eleitos, o cartório eleitoral de Varginha, responsável pelo município de Elói Mendes, funcionará das 12h às 19h nos dias úteis, e das 13h às 19h aos sábados, domingos e feriados. 

Enquanto não há candidatos eleitos no novo pleito, o presidente da Câmara de Vereadores continua respondendo, desde julho de 2017, pelo Executivo municipal. 

Voltar para a Página Inicial

DEIXE UM COMENTÁRIO

Insira seu comentário
Por favor digite seu nome