Fernão Dias registra mais de mil acidentes no primeiro semestre de 2018

As principais causas de acidentes foram a perda de controle do veículo, descuido do motorista ou sonolência ao volante. 

De acordo com os dados do Centro de Controle de Operações, no primeiro semestre de 2018 foram registrados 1.293 acidentes no período noturno, sendo que as principais causas foram a perda de controle do veículo, descuido do motorista ou sonolência ao volante.

A falta de revisão na parte elétrica do veículo e as lâmpadas queimadas também podem comprometer a segurança dos motoristas.

“Mesmo com a legislação de 2015 garantindo ao caminhoneiro jornada de trabalho diária de 8h, descanso por um período de 11h e uma parada de 30min a cada 6h horas de direção, é possível perceber que esta regra ainda não é respeitada e muitos acabam dirigindo em condições de sonolência, arriscando a própria vida e a de outras pessoas que estão no caminho”, relata Helvécio Tamm de Lima Filho, diretor superintendente da Concessionária.

As pausas ajudam os motoristas a combaterem um fenômeno chamado ‘hipnose viária’. Isso acontece quando o condutor está dirigindo, mas tem a sensação de não estar fazendo isso. Como se perdesse a noção do tempo. “Para não passar por isso, a única solução é fazer paradas na estrada, alongar o corpo e, se possível, revezar o lugar do volante com outra pessoa”, alerta o diretor.

Para alertar sobre os riscos da sonolência ao volante, a Arteris Fernão Dias realizou uma ação educativa na quarta (18) e quinta-feira (19) na rodovia Fernão Dias, em São Sebastião da Bela Vista/MG.

Veja mais em Notícias da Região.

Acompanhe as notícias também pelo Facebook e Instagram do Varginha Digital.

Gostaria de receber as notícias do Varginha Digital no seu Whatsapp?

Envie uma mensagem para (35) 9 9130-0597 ou clique neste link.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Insira seu comentário
Por favor digite seu nome