Goleiro Bruno rescinde contrato com a equipe Poços de Caldas

goleiros bruno poços de caldas fc
Goleiro Bruno posa com a camisa do Poços de Caldas FC — Foto: Divulgação Poços de Caldas FC

O contrato de Bruno com a equipe foi finalizado em comum acordo.

Bruno Fernandes rescindiu o contrato com a equipe do Poços de Caldas. O contrato entre o jogador e a equipe da terceira divisão estadual foi finalizado em comum acordo, segundo o presidente do clube, Paulo César Silva.

De acordo com Paulo César, Bruno disputou apenas 45 minutos com a camisa do time e tinha um salário incompatível com a realidade do Poços de Caldas.

Mas o presidente do clube confessou que os salários do goleiro também estavam atrasados, o que poderia ser um dos motivos para a insatisfação por parte do jogador.

Quando acertou com Bruno Fernandes, o cartola disse que tinha como objetivo levar o Vulcão, como é conhecido o clube no Sul de Minas, até a primeira divisão do Mineiro.

Bruna tinha sido apresentado no dia 5 de outubro, no Poços de Caldas. Com a filha mais nova no colo, ele disse que buscava agora um “novo eu” para conquistar a torcida. 

Bruno foi condenado a 20 anos de prisão pelo homicídio triplamente qualificado de Eliza Samudio, com quem havia tido um caso extraconjugal. O jogador já cumpriu mais de nove anos, o que corresponde a aproximadamente 44% da pena.

Em 18 de julho, o Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) concedeu progressão de pena a Bruno e ele teve direito ao regime semiaberto. Uma das exigências do juiz Tarciso Moreira de Souza, inclusive, era que o goleiro trabalhasse.

Fonte: Jornal Estado de Minas/UAI.

Voltar para a Página Inicial | Curta o Varginha Digital no Facebook

DEIXE UM COMENTÁRIO

Insira seu comentário
Por favor digite seu nome