Pai é indiciado por espancar filho de 9 anos em Elói Mendes

PM
Foto ilustrativa.

O crime aconteceu no início de janeiro,
em Elói Mendes.

A Polícia Civil abriu um inquérito contra um homem que espancou o filho, de 9 anos, em Elói Mendes, no começo de janeiro deste ano. De acordo com as informações, o motivo da agressão foi a recusa do menino em trabalhar na pastelaria da família.

A agressão aconteceu no dia 5 de janeiro, quando o pai teria passado várias tarefas ao menino, que queria brincar e se escondeu para não trabalhar.

Quando o pai encontrou o filho escondido em um carro, próximo à casa dele, começou a agredi-lo. Ele jogou uma garrafa cheia de água, que acertou no braço do garoto. Também agrediu com tapas e chutes e por fim usou um fio de cobre, que acertou na nuca do filho.

A agressão só foi descoberta 3 dias depois, por uma denúncia anônima no Conselho Tutelar de Elói Mendes.

O pai, junto com o menino e um outro filho mais novo, se apresentou na Delegacia Civil. O menino passou por exame de corpo delito, que confirmou as agressões.

Durante o depoimento descobriu-se que o menino era obrigado a trabalhar na pastelaria da família cerca de 12 horas por dia durante as férias, e no período letivo, estudava de manhã e trabalhava a tarde. O pai confessou as agressões e disse que não sabia porque tinha perdido o controle.

De acordo com o delegado da Polícia Civil, Dr. Jorge Bruno Barbosa, como não houve flagrante, o pai não foi preso, mas está respondendo ao inquérito civil, podendo inclusive perder a guarda do filho.

Com informações Rede Mais.

Voltar para a Página Inicial | Curta o Varginha Digital no Facebook

DEIXE UM COMENTÁRIO

Insira seu comentário
Por favor digite seu nome