Cidade do Sul de Minas é premiada pelo trabalho na Atenção Primária à Saúde 

Esta é a segunda vez que Olímpio Noronha é premiada pelo trabalho na Atenção Primária à Saúde.

A cidade de Olímpio Noronha, no Sul de Minas, recebeu em dezembro, do Ministério da Saúde, o troféu “Boas Práticas de Gestão”. O prêmio é o reconhecimento do esforço das cidades em garantir um serviço de excelência na Atenção Primária à Saúde (APS), um dos pilares do Sistema Único de Saúde (SUS). 

Publicidade

Premiada pela segunda vez consecutiva pelo Ministério da Saúde, Olímpio Noronha faz parte da Superintendência Regional de Saúde de Varginha e possui uma eSF que consegue cobrir 100% das demandas da população local. 

Ao longo do ano passado, a Secretaria fez investimentos constantes na cidade de Olímpio Noronha. Foram repassados mais de R$ 270 mil. 

“A premiação é muito importante pois mostra que as ações para esses indicadores são possíveis de realizar. Esse reconhecimento do município estimula as equipes a continuarem persistentes nas ações para alcançar as metas pactuadas”, destaca a superintendente regional de Saúde de Varginha, Regina Paula Ferreira Pinto Siqueira. 

Todos esses investimentos do estado em conjunto com os municípios e o trabalho dedicado dos profissionais envolvidos mostram a importância das ações integradas no SUS. 

Ao todo, foram premiados 29 municípios brasileiros. Dos 26 estados, Minas Gerais atraiu dois prêmios, o que demonstra a importância da APS para o planejamento de saúde no estado. Fora isso, cabe frisar, que na região sudeste, apenas três municípios foram contemplados.   

Publicidade

A APS é uma das prioridades da Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG). Exemplo disso, é que as Unidades Básicas de Saúde (UBS), porta de entrada da APS, tiveram um incremento financeiro significativo ao longo de 2022. Foram vários repasses por meio de resoluções como SES/MG nº 8158/2022 e SES/MG nº 8163/2022 – que reajustou os valores para execução dos projetos de construção de Unidades Básicas de Saúde – e SES/MG nº 8457/2022 – que previu o repasse de recursos para a construção de novas UBS – o que potencialmente impactará na ampliação da cobertura de Atenção Primária dos municípios contemplados. 

“Ressalta-se a destinação de R$ 350 milhões para retomar obras de 99 Unidades Básicas de Saúde (UBS) que estavam paradas, além da construção de 39 novas unidades e incremento financeiro para reforma de todas as UBS do estado”, lembra o secretário de Saúde de Minas Gerais Fábio Baccheretti. 

A superintendente de Atenção Primária à Saúde da SES-MG, Camila Helen de Almeida Silva Oliveira, reforça que “a premiação pelo bom desempenho na Atenção Primária à Saúde destes municípios mineiros demonstra que é possível alcançar patamares de excelência na APS, transformando-os em modelos de experiências exitosas e servindo de inspiração aos demais municípios de Minas Gerais”. Ainda segundo a superintendente, o reconhecimento da premiação se torna um grande estímulo aos profissionais e gestores das cidades e serviços.  

Veja mais notícias no Varginha Digital

Publicidade

Siga o Varginha Digital no Google News para acompanhar as novidades e informações atualizadas.