Servidores aposentados de MG recebem terceira parcela do 13° salário com atraso

A parcela do 13° salário deveria ter sido paga na segunda-feira, dia 19, mas parte dos aposentados recebeu somente no dia seguinte.

A escala de pagamento havia sido divulgada no início do ano e incluía também os servidores aposentados, porém os valores começaram a ser creditados com 1 dia de diferença.

O Varginha Digital procurou a assessoria de imprensa do Governo de Minas Gerais. De acordo com a assessoria de imprensa da Secretaria de Estado da Fazenda – SEF, cerca de 17% dos servidores tiveram este atraso.

Segundo ainda a assessoria de imprensa da SEF, o dinheiro estava disponível desde a manhã de segunda-feira, 19, e os servidores ficaram sem receber por causa do fim do expediente bancário, mas que hoje, dia 20, todos os pagamentos seriam regularizados.

O Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação de Minas Gerais – SindUte, confirmou a informação com exclusividade para o Varginha Digital e divulgou uma nota de repúdio, que segue na íntegra.

“Nota de Repúdio do Sind-UTE/MG contra o atraso do pagamento da 3ª parcela do 13º a parte dos/as aposentados/as da educação:

O Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação de Minas Gerais (Sind-UTE/MG) repudia a atitude do governo de Minas de atrasar o pagamento da 3ª parcela do 13º Salário a “uma parte dos aposentados e aposentadas que não teve o depósito efetuado no último dia 19 e nenhuma justificativa foi apresentada.  As pessoas descobriram que não havia pagamento após ir ao banco.

Com isso, o governo descumpre o cronograma que ele mesmo estabeleceu, de fazer o pagamento do 13º Salário a todos/as os/as servidores e servidoras da Educação no Estado em quatro parcelas  (19 de janeiro, 19 de fevereiro, 19 de março e 19 de abril).

Para o Sind-UTE/MG essa atitude evidencia, mais uma vez, o descaso deste governo a essa grande parcela da educação, que já deu a sua contribuição ao Estado e, portanto, merece respeito e tratamento digno.

O Sindicato não vê razões para esse tipo de “escolha” por parte do governo, uma vez que a educação tem receita própria vinculada e, portanto, teria os recursos disponíveis para quitar esses compromissos.

Continuamos na luta em defesa dos direitos das oito carreiras da educação”.

Escala de pagamento para os salários

De acordo com a escala de pagamento divulgada pelo governo estadual no início de março, os servidores (da ativa e aposentados) com salário até R$ 3 mil líquido receberam o salário integral no dia 14 de março. Quem recebe entre R$ 3 mil e R$ 6 mil líquido receberá a segunda parcela no dia 23. Já para aqueles que ganham mais de R$ 6 mil em valores líquidos, a última parte do pagamento será creditada no dia 29.

Confira mais Notícias da Região.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Insira seu comentário
Por favor digite seu nome