Cidades do Sul de Minas estão entre as que mais demitiram em fevereiro

Comércio foi um dos setores que mais demitiram em fevereiro.

As MPEs das cidades de Varginha, Alfenas e Poços de Caldas estão entre as que mais demitiram em Minas Gerais no mês de fevereiro.

A  retração foi de 152, 136 e 133 vagas respectivamente. 

O levantamento sobre as MPEs foi divulgado pelo Sebrae Minas, com base nos dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) .

Apesar dos números negativos das três cidades sulmineiras, o saldo de contratações e demissões no geral em Minas Gerais foi positivo.

Em fevereiro a diferença entre contratações e demissões gerada pelos pequenos negócios do estado foi de 6.149 vagas – número maior que o saldo de empregos* gerado no mês anterior: 5.691 postos de trabalho.

No balanço de fevereiro foram registradas 88.242 contratações e 82.093 demissões nas MPE. Minas Gerais só não teve o saldo de emprego maior que as MPE de São Paulo que geraram mais de 23 mil vagas.

“O resultado de Minas foi impulsionado pela melhora dos pequenos negócios de Serviços que, no período, obteve o maior saldo de emprego, com 5.850 vagas”, justifica o gerente da Unidade de Inteligência Empresarial do Sebrae Minas, Felipe Brandão.

As cinco cidades mineiras que conseguiram os maiores números de contratações foram Belo Horizonte, Nova Serrana, Ipatinga, Paracatu e Uberlândia.

O setor que mais empregou foi o de serviços e o que mais demitiu foi o de comércio.

* Saldo de emprego se refere ao resultado da diferença entre as contrações e demissões das MPE geradas no período.

 

Comente e Compartilhe!

Confira mais Notícias da Região.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Insira seu comentário
Por favor digite seu nome