Sul de Minas tem três casos suspeitos de coronavírus

Sírio Libânio
Foto: Google Maps

As pessoas com suspeita de terem contraído o coronavírus retornaram recentemente de uma viagem à região da Lombardia, na Itália.

O Hospital das Clínicas Samuel Libânio, em Pouso Alegre, vai receber três pessoas com sintomas compatíveis com o coronavírus. A unidade de saúde é a única indicado pela Secretaria de Estado da Saúde como referência para atender casos suspeitos do vírus no Sul de Minas.

Os três pacientes estavam em Varginha e faziam parte de um grupo de 10 pessoas que retornaram recentemente de uma viagem à região da Lombardia, na Itália, a mais atingida pelo vírus no país europeu. 

Os pacientes serão mantidos em um local isolado no hospital.

Em nota, o Hospital das Clínicas Samuel Libânio informou que os casos ainda são suspeitos e que os pacientes serão submetidos a exames conforme protocolo do Ministério da Saúde. Ainda conforme o hospital, os riscos relativos à disseminação da doença estão controlados e todas as medidas foram tomadas para proteger os pacientes e a população da cidade.

Os exames para confirmação ou descarte da doença serão enviados à Fundação Ezequeiel Dias (Funed), em Belo Horizonte (MG), referência epidemiológica no estado.

A Prefeitura de Pouso Alegre informou que não há motivo para alarde e que os procedimento recomendados pelo Ministério da Saúde serão seguidos. Veja os vídeos divulgados pelo prefeito, Rafael Simões:

Sintomas

A doença, causada pelo novo coronavírus, apresenta sintomas como tosse seca, febre e cansaço.

Alguns pacientes também podem sentir dores no corpo, congestionamento nasal, inflamação na garganta ou diarreia. Ainda de acordo com a Organização Mundial da Saúde – OMS, esses sintomas são normalmente leves.

Já os sintomas em casos mais graves são síndrome respiratória aguda e insuficiência renal. Pacientes que já tenham outras doenças, principalmente cardiovasculares, têm mais probabilidade de ter a versão mais crítica da Covid-19.

Primeiro caso no Brasil

Nesta quarta-feira, 26, o primeiro caso do novo coronavírus no Brasil foi confirmado pelo Ministério da Saúde. O paciente é um homem de 61 anos, morador de São Paulo, que esteve na Itália entre 9 e 21 de fevereiro.

Ele está em quarentena familiar e 30 pessoas da família estão sob observação.

Além dele, outros 20 casos suspeitos estão em investigação. Dos casos suspeitos, 12 estão em pessoas que estiveram recentemente no país europeu. Em Minas Gerais, até a última atualização do Ministério da Saúde, apenas dois casos suspeitos apareciam em investigação.

Com informações G1 Sul de Minas.

Curta o Varginha Digital no Facebook e fique por dentro das melhores notícias de Varginha e Região. Varginha em um clique!

Voltar para a Página Inicial

DEIXE UM COMENTÁRIO

Insira seu comentário
Por favor digite seu nome