Atualização: cabeça d’água deixa três mortos em cachoeira de Guapé

Publicidade

A cabeça d’água surpreendeu quem estava na cachoeira nesta quarta-feira, 1.

Uma cabeça d’água surpreendeu quem aproveitava a cachoeira na tarde deste domingo, no Parque Ecológico do Paredão, em Guapé.

De acordo com informações atualizadas do Corpo de Bombeiros, três pessoas da mesma família morreram. As vítimas foram identificadas como Émerson Luis de Magalhães Couto, 45 anos, Áurea de Carvalho, 39 anos e Daphine Carvalho de Magalhães Couto, de 17 anos. 

Publicidade

No momento do aumento do volume das águas haviam aproximadamente 50 pessoas no local, que foram surpreendidas pela enxurrada. Várias pessoas que ficaram ilhadas e foram resgatadas pelas equipes terrestres e do Helicóptero Águia do Corpo de Bombeiros.

As corpos das vítimas estavam em áreas de difícil acesso. Duas delas foram retiradas por militares do PMMG e a terceira por pessoas que estavam no local. Não há registro de desaparecidos.

Na manhã desta quinta-feira cerca de 30 bombeiros militares permaneciam no local para se certificar que não há mais nenhuma vítima ou pessoa desaparecida.

Com informações do CBMMG.

Imagens: Redes Sociais
Imagens: Claudia Santos
Imagens: redes sociais

Voltar para a Página Inicial | Curta o Varginha Digital no Facebook

Publicidade

2 COMENTÁRIOS

    • A informação está correta. A tromba d’água se assemelha a um tornado, mas tem menor intensidade e ocorre sobre superfícies líquidas, como mar ou rio. A cabeça d’água acontece em rios, quando há repentino aumento do nível de água. Ocorre a partir da intensidade de chuvas da cabeceira ou em regiões mais elevadas, o que influencia no percurso de deságue.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Insira seu comentário
Por favor digite seu nome