Usina de Funil faz testes de sirenes no dia 4 de julho

Publicidade

Os testes de sirenes fazem parte do Plano de Ação de Emergência (PAE) da Usina de Funil.

A Usina Hidrelétrica Engenheiro José Mendes Júnior, conhecida como Usina de Funil, anunciou que fará, no dia 4 de julho, testes de sirenes nas cidades de Lavras e Ribeirão Vermelho. A iniciativa faz parte do Plano de Ação de Emergência (PAE) da hidrelétrica, que está localizada no Rio Grande.

Serão três acionamentos sonoros de aproximadamente 20 segundos cada, a partir das 14h30. Não haverá necessidade de mobilização e deslocamento da população para pontos de encontro durante o teste. Representantes da Defesa Civil, Corpo de Bombeiros, Polícia Militar e da equipe da Aliança Energia compõem o grupo de trabalho que tem uma rotina de acompanhamento e estarão juntos monitorando e supervisionando mais essa ação preventiva.

De acordo o coordenador da Usina Hidrelétrica de Funil, Willian Rosa, o padrão sonoro será a mensagem de voz informando o início do teste, seguida de uma música mais calma que tocará por alguns segundos e de uma mensagem de voz que informará aos moradores a conclusão do teste.

“A ação continua sendo muito importante para que tenhamos validação do correto funcionamento do sistema de alerta. O som padrão da sirene já é conhecido pela população e será acionado apenas quando houver uma real situação de emergência ou em algum teste específico que será comunicado com antecedência à população. Novos testes das sirenes estão programados para serem realizados em novembro”, esclarece.

Publicidade

A Usina de Funil permanece classificada como de baixo risco e as estruturas atendem plenamente aos fatores de segurança, conforme Relatório da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL).

Inaugurada em 10 de dezembro de 2002, a Usina de Funil está localizada no rio Grande, entre os municípios de Lavras e Perdões, e tem potencial de geração de 180 MW, o suficiente para abastecer uma cidade com 500 mil pessoas.

Veja mais notícias no Varginha Digital

Receba as notícias no seu e-mail

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui