Minas suspende vacinação em gestantes, seguindo orientação da Anvisa

Publicidade

Em Minas Gerais não foram registrados eventos adversos após a vacinação de gestantes.

Seguindo a orientação da Anvisa, a Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) recomendou a suspensão imediata no estado da vacinação em gestantes da vacina contra a COVID-19 desenvolvida pela AstraZeneca em parceria com a Universidade de Oxford.

A orientação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária -Anvisa, foi divulgada na terça-feira, 11. O Ministério da Saúde – MS, está investigando um evento adverso que ocorreu com gestante, mas não divulgou mais detalhes.

Em Minas Gerais não foram registrados eventos adversos com grávidas imunizadas com doses da vacina AstraZeneca no estado. Os 853 municípios foram oficialmente comunicados nesta terça-feira (11/5).

“A orientação da Anvisa é que a indicação da bula da vacina AstraZeneca seja seguida pelo Programa Nacional de Imunização (PNI)”, diz a nota enviada à imprensa. A atual bula do imunizante não recomenda a aplicação em grávidas sem orientação médica individual.

Publicidade

Em Varginha as gestantes vão receber a vacina CoronaVac, uma vez que a vacina da Pfizer não foi enviada para as cidades do interior.


Veja também

Siga-nos no Google News

Se você encontrou alguma imagem ou texto em que os direitos autorais não foram creditados, por favor, entre em contato conosco para efetuarmos a correção.

Varginha Digital
Notícias de Varginha e do sul de Minas direto no seu celular.
Varginha em um clique!

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui