Voo para buscar as vacinas de Oxford na Índia é adiado para sexta, 15

Vacina contra o Coronavírus
Vacina da Universidade de Oxford contra a Covid-19 — Foto John Cairns_University of Oxford

O avião, equipado com contêineres, vai trazer uma carga de vacinas estimada de 15 toneladas.

O voo da Azul, que vai buscar 2 milhões de doses da vacina contra a Covid-19, produzida pela Universidade de Oxford e a farmacêutica AstraZeneca, na Índia, e estava programado para partir nesta quinta-feira, 14, foi adiado para a noite de sexta-feira (15).

A Azul, empresa responsável pelo transporte das vacinas, e o governo federal afirmaram que a mudança aconteceu devido a questões logísticas internacionais, mas não detalharam quais seriam.

O avião, equipado com contêineres, sairá do Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas (SP), na tarde desta quinta-feira, 14, e vai pernoitar no Aeroporto Internacional do Recife/Guararapes – Gilberto Freyre, na Zona Sul da cidade.

A data de retorno do avião ao Brasil, com a carga de vacinas estimada em 15 toneladas, ainda está sendo avaliada “de acordo com o andamento dos trâmites da operação de logística”. 

De acordo com o Ministério da Saúde, os contêineres vão garantir o controle de temperatura das doses, conforme as recomendações do fabricante.

O Ministério da Saúde aguarda a resposta da Agência Nacional de Vigilância Sanitária – Anvisa, sobre o pedido de uso emergencial para iniciar a campanha de vacinação. Além da vacina de Oxford, outro imunizante contra a Covid-19, a CoronaVac, desenvolvida pelo Instituto Butantan em parceria com o laboratório chinês Sinovac, também pediu a aprovação da agência para aplicação no Brasil.

Ainda de acordo com o Ministério, a vacina será distribuída aos estados em até cinco dias após o aval da Anvisa para, assim, dar início à imunização em todo o país, de forma simultânea e gratuita.

A pasta disse ainda que, além do apoio da Azul, conta também com a Associação Brasileira de Empresas Aéreas por meio das companhias Gol, Latam e Voepass, para a logística de transporte gratuito do imunizante.

A segurança no transporte das doses pelo Brasil será realizada pelas Forças Armadas, em ação conjunta com o Ministério da Defesa.


Veja também

Siga-nos nas Redes Sociais

Novos Caminhos: plataforma oferecerá curso de especialização para professores

Se você encontrou alguma imagem ou texto em que os direitos autorais não foram creditados, por favor, entre em contato conosco para efetuarmos a correção.

Varginha Digital
Notícias de Varginha e do sul de Minas direto no seu celular.
Varginha em um clique!


DEIXE UM COMENTÁRIO

Insira seu comentário
Por favor digite seu nome