Edital da Cemig vai destinar R$150 milhões para desenvolvimento de projetos inovadores

Cemig lança edital para destinar mais de R$150 milhões para desenvolvimento de projetos inovadores.

Estão abertas as inscrições no edital de chamada pública da Cemig, que selecionará propostas de projetos de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação (PDI). A iniciativa faz parte do Programa de PDI da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) e busca o desenvolvimento tecnológico do setor elétrico brasileiro, além de estimular a cultura de inovação, promover a formação de competências técnicas voltadas aos processos inovativos e de desenvolver soluções inovadoras voltadas às necessidades do setor elétrico e de seus usuários. Serão mais de R$150 milhões destinados a desenvolvimento de projetos inovadores.

Publicidade

O edital ficará vigente por 18 meses e recebe propostas a partir desta segunda-feira (21/08). O processo de análise e seleção de propostas também ocorrerá de forma permanente durante toda a vigência da chamada pública. A Companhia prevê investimento superior a R$150 milhões para a execução dos projetos selecionados.

Para consultar o edital completo e fazer a inscrição dos projetos, os interessados devem acessar o site especialmente criado para a iniciativa.

Quem pode participar

O público-alvo da chamada pública são universidades, institutos de ciência e tecnologia, startups e outras empresas. Podem se inscrever também as pessoas jurídicas de direito privado constituídas e instaladas em outros países, desde que possuam representante legal no Brasil. O inscrito deverá demonstrar experiência, conhecimento e equipe técnica adequados ao tema e à complexidade da pesquisa.

O diretor de Estratégia, Meio Ambiente e Inovação da Cemig, Maurício Dall’Agnese, destacou a importância da iniciativa para o processo de desenvolvimento e viabilidade de propostas que contribuam para mudanças inovadoras e que atuem para melhorias do setor. “Os projetos devem priorizar a pesquisa e o desenvolvimento de soluções que tenham aplicação em situações reais e que possam ser inseridas no mercado”, ressaltou.

Publicidade

Temas propostos

As propostas de projetos devem buscar a máxima conexão com os quatro eixos direcionadores de interesse, definidos no edital: (I) objetivos estratégicos da Cemig; (II) desenvolvimento e aplicação de tendências e tecnologias emergentes no contexto do setor elétrico; (III) geração de valor nos negócios e operações atuais da Cemig e desenvolvimento de novos produtos, serviços e negócios para a Cemig; (IV) objetivos estratégicos do Plano Estratégico Quinquenal de Inovação (PEQuI) 2023-2028 definido pela Aneel.

Entre os temas propostos estão a busca por soluções para a descarbonização e a eletrificação da economia, incluindo a eletromobilidade e a cadeia de valor do hidrogênio verde. Além dessas, a promoção da sustentabilidade, com a preservação do meio ambiente e o combate às mudanças climáticas. Os projetos também podem propor tecnologias que promovam a excelência na experiência dos clientes nos mercados de energia e a eficiência nos processos administrativos da Cemig. No desafio também serão selecionadas propostas de tecnologias para os “sistemas elétricos do futuro”, ou seja, a construção, operação e manutenção com segurança de sistemas de distribuição, transmissão e armazenamento de energia elétrica, assim como a geração de energia renovável.

2ª edição

Publicidade

Essa é a segunda edição do Desafio Cemig de Inovação. A primeira versão aconteceu entre agosto de 2021 e fevereiro de 2023, recebendo mais de 190 propostas. Os projetos selecionados na primeira edição tiveram investimento de mais de R$ 83 milhões.