ESP-MG abre processo seletivo com vagas remotas para Designer Gráfico e Designer Instrucional

Publicidade

O processo de credenciamento da ESP-MG para Designer Gráfico e Designer Instrucional está com inscrições abertas até 26 de maio.

Escola de Saúde Pública do Estado de Minas Gerais (ESP-MG) abriu processo de credenciamento de serviços técnicos especializados para seleção de pessoa física para a função de Designer Gráfico e de Designer Instrucional

As inscrições poderão ser realizadas desta segunda-feira (8/5) até as 17h de 26/05/2023 pelo site sigac.esp.mg.gov.br. Todas as informações sobre o processo de credenciamento estão disponíveis no edital. Para acessá-lo, clique aqui.

Publicidade

Após o processo de credenciamento, poderá ser selecionado um profissional para designer gráfico e um para designer instrucional. O período das atividades vai englobar 12 meses (previsto de julho/2023 a junho/2024) e o valor da remuneração será vinculado às entregas realizadas.

O serviço será prestado em local de escolha do profissional, desde que a pessoa esteja apta a participar de reuniões virtuais nos horários previamente acordados com a ESP-MG, além de dispor dos softwares, computadores e quaisquer equipamentos necessários ao profissional para a perfeita execução do contrato.

Funções

Designer Gráfico: tem papel fundamental na equipe de criação de cursos em educação a distância (EaD), tendo como tarefas elaborar propostas de identidade visual e imagens para cursos oferecidos, incluindo a definição de paleta de cores, tipografias, apresentação de cenários, personagens e desenhos correlacionados; possuir domínio em ferramentas de criação, formatação e habilidade de diagramação de e-book para desenvolver peças conforme projeto gráfico proposto pela ESP-MG. Alguns dos pré-requisitos exigidos são possuir graduação em Designer Gráfico; experiência de no mínimo três anos em produção gráfica e ter domínio das ferramentas Corel Draw e/ou Ilustrator.

Publicidade

Designer instrucionalanalisa, organiza e prepara os conteúdos, enviados pela área demandante, para o Ambiente de Virtual de Aprendizagem. A partir do conteúdo bruto, esquematiza telas, descreve ilustrações, roteiriza vídeos, e especifica características de interfaces para a construção de tutoriais. Todas essas informações compõem o storyboard, que é feito em slides de apresentações. E esse roteiro serve de referência para que outros profissionais da equipe criem gráficos, ilustrações ou funcionalidades em sites e interfaces. Seu desafio é sempre garantir que os objetivos de aprendizagem para determinada iniciativa junto a certo público de aprendizes sejam alcançados. Para isso, ele cria roteiros, animações, vídeos, podcast entre outros objetos de aprendizagem. Alguns dos pré-requisitos exigidos são possuir graduação de nível superior completo na área da Saúde ou Educação e possuir especialização lato sensu em Design Instrucional; Possuir experiência de no mínimo três anos no desenvolvimento de ações educacionais em EaD.

Publicidade