Cemig implanta projeto de eficiência energética em três escolas estaduais de Varginha

Publicidade

Outras 12 escolas estaduais de Varginha serão beneficiadas com o projeto de eficiência energética da Cemig.

Os alunos da rede estadual de ensino voltaram às aulas presenciais neste mês, e grande parte deles encontraram um ambiente mais iluminado e confortável para aprender. O projeto Cemig nas Escolas, que faz parte do Programa de Eficiência Energética da companhia, fez a troca da iluminação ineficiente por lâmpadas especiais de LED, mais econômicas e confortáveis. Em Varginha o trabalho já foi concluído na E.E. Gabriel Penha de Paiva, na E.E. Brasil e na E.E. Professor Fábio Sales.

Ainda serão beneficiadas pelo projeto da Cemig em Varginha:

Conservatório Estadual de Música
E.E. Afonso Pena
E.E. Coração de Jesus
E.E. Dep Domingos de Figueiredo
E.E. Wladimir Resende Pinto
E.E. irmão Mário Esdras
E.E. Pedro de Alcântara
E.E. Prof. Antônio Corrêa de Carvalho
E.E. Antônio Domingues Chaves
E.E. Prof. Aracy Miranda
E.E. Prof. Selma Bastos
E.E. São Sebastião

Em todo o Estado a Cemig investiu R$ 11,7 milhões, somente em 2021, no projeto de eficiência energética de 1.124 escolas estaduais em todas as regiões mineiras.

Publicidade

Além de proporcionar um ambiente mais iluminado e melhor para crianças, jovens e funcionários, a ação vai garantir uma economia significativa na conta de energia elétrica das instituições de ensino.

Para realizar a modernização da iluminação das escolas, a Cemig substituiu cerca de 350 mil lâmpadas e instalou quase 16.500 luminárias. Em tempos de pandemia, as ações do projeto foram adaptadas para continuar acontecendo com segurança sanitária, conforme protocolos das autoridades de saúde.

O coordenador do Projeto Cemig as Escolas, Fernando Queiroz, destaca que as novas lâmpadas têm durabilidade superior e diminuem os custos de manutenção das escolas. “Antes dessa iniciativa, as instituições faziam trocas constantes de reatores e das lâmpadas. A substituição das lâmpadas elimina essa necessidade. Além disso, a nova iluminação dá mais conforto aos alunos e professores, colaborando para a qualidade do ensino. Além disso, cada escola deve economizar até 30% na conta de energia”, explica.

O Projeto Cemig nas Escolas descarta todas as lâmpadas ineficientes de modo seguro e de acordo com as melhores práticas ambientais. Ainda segundo Fernando Queiroz, “tais práticas visam incentivar a sustentabilidade no ambiente escolar e propiciar uma sala de aula mais adequada para o desenvolvimento dos alunos e trabalho dos profissionais da educação”.

Fernando Queiroz – engenheiro de eficiência energética da Cemig.


Veja mais notícias no Varginha Digital

Siga-nos no Google News

Participe dos Grupos do WhatsApp e receba as novidades!

Varginha Digital
Notícias de Varginha e do sul de Minas direto no seu celular.

Se você encontrou alguma imagem ou texto em que os direitos autorais não foram creditados, por favor, entre em contato conosco para efetuarmos a correção.

Siga o Varginha Digital no

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui