Isolamento social e fechamento do comércio causam demissões em Minas Gerais

Demissões em Minas Gerais
Foto: ilustrativa

A pesquisa sobre demissões em Minas Gerais foi feita pelo Sebrae.

As empresas mineiras estão sofrendo um duro impacto por causa da pandemia causada pelo coronavírus. O isolamento social e o fechamento do comércio forçaram cerca de 25% dos pequenos negócios mineiros demitirem seus funcionários em maio. As informações são da pesquisa Impactos do Coronavírus nos Pequenos Negócios, feita pelo Sebrae, entre os dias 29 de maio e 5 de junho.

“Infelizmente vivemos uma situação totalmente atípica, em um período de insegurança.  Porém, mesmo diante das dificuldades é importante que as empresas preservem seus funcionários, já que precisarão deles na retomada de suas atividades”, explica o Superintendente do Sebrae Minas, Afonso Maria Rocha.

Ainda segundo a pesquisa do Sebrae, do total das empresas mineiras entrevistadas nesta 4ª edição do estudo, 31% tiveram que suspender temporariamente o contrato de trabalho, 21% diminuíram a jornada de trabalho com a redução de salário, 14% deram férias coletivas, 9% reduziram o salário com complemento do seguro-desemprego.

“Não há como negar que o isolamento social traz uma nova configuração de funcionamento para os negócios. O fato do empregador poder flexibilizar os horários, ter uma ajuda do governo para pagar os salários é muito importante para esse período de crise. Sem dúvidas, as medidas citadas são alternativas para proteger os empregos, preserva a gestão dos pequenos negócios, além de trazer benefícios para o trabalhador”, justifica Rocha.

Em outro levantamento feito pelo Sebrae Minas, com dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) Covid-19, em maio, o percentual de mineiros que estavam desocupados ou na informalidade chegou a 33%.

Ainda de acordo com os dados da PNAD, das 9,257 milhões de pessoas que estavam ocupadas no estado, 81% não foram afastadas de suas atividades devido ao coronavírus (Covid-19). Dessas, 9% estavam trabalhando de forma remota, 35% tiveram rendimento efetivo menor que o normalmente recebido. Ainda, 35,7% dos domicílios mineiros receberam auxílio emergencial.


Veja também

whatsapp varginha digital noticias
logo varginha digital

Varginha Digital
Notícias de Varginha e região direto no seu celular.
Informação com credibilidade, Varginha em um clique!

Siga-nos nas Redes Sociais

DEIXE UM COMENTÁRIO

Insira seu comentário
Por favor digite seu nome