Campanha Outubro Rosa reforça a importância do autoexame

Outubro Rosa terá em Varginha desfile para mostrar a garra e a força das mulheres que lutam conta o Câncer de Mama.

Começou ontem, 1º de outubro, a Campanha Outubro Rosa, que mobiliza o país inteiro para falar sobre a importância de se falar do Câncer de Mama, autoexame e diagnóstico precoce.

Em Varginha o HumanizaSus,  Grupo de Humanização Hospital Bom Pastor,  faz um trabalho incrível junto com o Centro de Oncologia do Hospital Bom Pastor.

No mês de outubro promove o Desfile Outubro Rosa, que em 2018 está em sua 5ª Edição. O evento será no dia 25 de outubro, às 20h, no Teatro Mestrinho Marista.

O desfile conta a cada ano com o apoio de várias lojas de Varginha e tem o objetivo de mostrar a beleza e garra das mulheres que superaram ou estão na batalha contra o câncer de mama.

Em 2018 o desfile Outubro Rosa conta como apoio do Colégio Marista, Grupo Café com as Poderosas e Renato Sarto Fotografias.

Mais informações e convites do desfile pelo telefone 3690-1019 ou pelo e-mail [email protected]om

O Câncer de Mama

De acordo com Inca o câncer de mama ainda é o tipo de câncer mais comum entre as mulheres. É responsável por por cerca de 28% dos casos novos de câncer a cada ano.

É relativamente raro este tipo de câncer ser diagnosticado antes dos 35 anos, ficando entre 4% e 5% dos casos. Mas a incidência cresce progressivamente, especialmente após os 50 anos. Existem vários tipos de câncer de mama. Alguns evoluem de forma rápida, outros, não.  A maioria dos casos tem uma excelente chance de cura.

Ele não tem uma causa única. São vários fatores que podem aumentar o risco de desenvolver a doença, como fatores endócrinos/história reprodutiva, fatores comportamentais/ambientais e fatores genéticos/hereditários.

Ficar atento aos sintomas é importante

Entre os principais sintomas estão:

– Nódulo (caroço), fixo e geralmente indolor: é a principal manifestação da doença, estando presente em cerca de 90% dos casos quando o câncer é percebido pela própria mulher.
-Pele da mama avermelhada, retraída ou parecida com casca de laranja.
– Alterações no bico do peito (mamilo).
– Pequenos nódulos nas axilas ou no pescoço.
– Saída de líquido anormal das mamas.

Esses sinais e sintomas devem sempre ser investigados. O autoexame é fundamental para a detecção precoce dessa doença.

Autoexame

O autoexame deve ser praticado mensalmente entre o 7º e o 10º dia contados a partir do 1º dia da menstruação. As mulheres que não menstruarem devem escolher um dia do mês. Veja como fazer:

  • Mama – Para examinar a mama esquerda, coloque a mão esquerda atrás da cabeça e apalpe com a mão direita. Para examinar a mama direita, coloque a mão direita atrás da cabeça e apalpe com a mão esquerda.
  • Mamilo – pressione os mamilos suavemente. Verifique se há alguma secreção.
  • Axilas – após examinar as mamas, apalpe toda a área debaixo dos braços.

Diagnóstico

O diagnóstico precoce é fundamental no tratamento contra qualquer tipo de câncer. A realização anual da mamografia para mulheres a partir de 40 anos é importante para que o câncer seja diagnosticado precocemente.

Autoexame: o autoexame é muito importante para que a mulher conheça bem o seu corpo e perceba com facilidade qualquer alteração nas mamas e assim procure rapidamente um médico. Vale lembrar que o autoexame não substitui exames como mamografia, ultrassom, ressonância magnética e biopsia, que podem definir o tipo de câncer e a localização dele.

Tratamento

O câncer de mama tem pelo menos quatro tipos mais comuns e alguns outros mais raros. Por isso, o tratamento não deve ser padrão. Cada tipo de tumor tem um tratamento específico, prescrito pelo médico oncologista.

Veja mais sobre o Câncer de Mama e outros tipos de câncer no site do Inca.

 


Curta o Varginha Digital no Facebook e acompanhe as notícias também pelo Instagram.

Voltar para a Página Inicial

DEIXE UM COMENTÁRIO

Insira seu comentário
Por favor digite seu nome