Polícia confirma morte de caseiro suspeito de envolvimento com criminosos

Publicidade

Foram encontradas com o caseiro várias munições, além da metralhadora .50.

A Polícia Civil confirmou, no fim da tarde deste domingo, 26, a morte do caseiro de um dos sítios aonde parte da quadrilha que planejava assaltar instituições financeiras em Varginha. Com a informação sobre para 26 o número de mortos durante operação policial.

“Essa confirmação da participação dele (caseiro) foi nos repassada por alguns militares do Bope. Ele trabalhava como caseiro, porém estava envolvido. As munições estavam com ele, inclusive a (metralhadora) ponto 50, a arma estava com o caseiro, na casa dele. Ele é que foi o responsável por enterrar e desenterrar explosivos. Então, ele também era partícipe, estava no local não fazendo a função de caseiro, mas participando dos delitos”, disse a capitão Layla Brunela, porta-voz da PMMG.

Após o confronto, o corpo do caseiro foi levado para o Hospital Bom Pastor, em Varginha, onde estavam parte dos corpos de outros suspeitos de integrarem a quadrilha. Outros corpos foram levados para a Unidade de Pronto Atendimento – UPA.

De acordo com a Polícia Civil, todos os corpos foram transferidos para o Instituto Médico Legal (IML) André Roquette, em Belo Horizonte, onde serão submetidos a exames de necropsia e identificação, com previsão de terminar nesta segunda-feira, 1.

Publicidade

Veja também

Se você encontrou alguma imagem ou texto em que os direitos autorais não foram creditados, por favor, entre em contato conosco para efetuarmos a correção.

Siga-nos no Google News

Varginha Digital
Notícias de Varginha e do sul de Minas direto no seu celular.
Varginha em um clique!

Receba as notícias no seu e-mail

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui