Varginha é a cidade do Sul de Minas com mais práticas empreendedoras na educação

Os dados são de uma pesquisa da Ufla, que identificou mais de 20 ações empreendedoras que mudam a realidade nas escolas municipais.

Varginha lidera um ranking de cidades do Sul de Minas com boas práticas na educação municipal. As informações são de uma pesquisa do Departamento de Administração e Economia (DAE) da Universidade Federal de Lavras (UFLA), que identificou mais de 20 ações empreendedoras que vêm mudando a realidade do ensino nas escolas municipais, da Educação Infantil ao Ensino Fundamental, em cinco municípios do sul de Minas Gerais.

A pesquisa avaliou 12 categorias dentro da educação básica alinhadas ao Plano Nacional de Educação, executadas nos municípios de Lavras, Varginha, Ijací, Carrancas e Boa Esperança.

De acordo com o estudo as experiências educacionais são capazes de melhorar as condições do ensino público desde a creche até a pré-escola, impactando crianças de até 5 anos. No ensino fundamental as ações abrangem estudantes de 6 a 14 anos.

Foram avaliadas as condutas de alfabetização empregadas, cumprimento do prazo das etapas do ensino no período e idade escolar correta, participação da família na escola, produção e distribuição de merenda escolar, formação e remuneração de professores, entre outros.

Na maioria dos municípios, a administração da merenda é feita pela própria secretaria de Educação. O grande diferencial foi terceirização da merenda escolar em Varginha, com resultados muito positivos.

Nesse caso a administração pública contrata empresas para o preparo e o fornecimento de refeições aos alunos. A Prefeitura de Varginha monitora e acompanha o serviço prestado. A terceirização tornou o serviço eficiente e ajudou a economizar, com isso professores de Varginha passaram a receber auxílio-alimentação.

Outro ponto de destaque na pesquisa é que em Varginha os estudantes com deficiência contam com centro de apoio para tratamento com fisioterapeutas, psicólogos, fonoaudiólogos e assistentes sociais.

Para evitar longas filas e um grande tempo de espera para conseguir realizar matrículas nas escolas municipais a prefeitura criou um sistema de fila de espera na internet, para os pais garantirem uma vaga da criança na escola.

Em Boa Esperança o destaque é a queda no número de faltas de professores na rede municipal. A prefeitura adotou a gratificação anual dos professores que cumprem os requisitos de pontualidade, assiduidade e todas as atividades escolares previstas no ano.

Já em Lavras a proposta é diferenciada: a Escola da Inteligência, baseada no método educacional criado pelo psiquiatra Içami Tiba. O projeto foi comprado pela prefeitura para auxiliar alunos em situação de violência em casa, uso de drogas e mau comportamento. Os gestores já perceberam que, onde o método foi aplicado, modificou o comportamento dos estudantes.

Já em Carrancas, os pais dos alunos podem acompanhar as atividades educacionais realizadas fora da escola por meio das redes sociais.

A ação empreendedora é uma das formas para a educação pública no Brasil solucionar gargalos que prejudicam os mais pobres. O empreendedorismo na escola surge de práticas inovadoras com o poder de melhorar a qualidade da educação.

Veja mais em Notícias de Varginha.

Acompanhe as notícias também pelo Facebook e Instagram do Varginha Digital.

Gostaria de receber as notícias do Varginha Digital no seu Whatsapp?

Envie uma mensagem para (35) 9 9130-0597 ou clique neste link.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Insira seu comentário
Por favor digite seu nome