Varginha tem Médio Risco de infestação do Aedes Aegypti

Dengue
Foto ilustrativa

A classificação de Médio Risco foi feita pelo LIRAa – Levantamento de Índice Rápido de Aedes Aegypti.

Foi divulgada na manhã desta segunda-feira, 22, o 4º LIRAa – Levantamento de Índice Rápido de Aedes Aegypti do ano de 2018. O levantamento apontou o Médio Risco de infestação do mosquito Aedes Aegypti em Varginha.

Realizado nos dias 15, 16 e 17 de outubro, o LIRAa encontrou 39 focos do Aedes Aegypti. Em agosto foram encontrados 06 focos.

Varginha foi classificada em janeiro MÉDIO RISCO, em abril MÉDIO RISCO, em agosto BAIXO RISCO.

Os bairros com mais focos encontrados em outubro foram Jardim das Oliveiras (6 focos), Centenário I (4 focos) e Catanduvas (3 focos). Os recipientes mais comuns em possuírem focos são prato de plantas, sacos plásticos, caixa d’água  e ralos de tanques.

Cuidados 

José Donizete de Souza, encarregado do Setor de Vigilância Ambiental, explica que com o início das chuvas e o aumento da temperatura houve um crescimento significativo nos números de focos encontrados.

Para ajudar a população são feitos mutirão de limpeza, visitas constantes dos Agentes de Combate às Endemias, limpeza em Áreas de Preservação Ambiental e realização de UBV (Pulverização de Inseticidas).

“Pedimos encarecidamente aos munícipes que não joguem lixo nos terrenos baldios. Que mantenham seus terrenos e quintais limpos. Que cubram bem suas caixas d’água, mantenham as piscinas limpas e tratadas. Coloquem os pneus secos em local coberto, dentre outros cuidados a fim de eliminarmos o AEDES AEGYPTI”, explica Souza.

O que o LIRAa

O levantamento visita 20% dos quarteirões sorteados pelo programa do Ministério da Saúde. Entram cidades com índice de infestação com mais de 2 mil imóveis. Esse trabalho é feito em todo território nacional.

Nos imóveis visitados pelos Agentes de Combate às Endemias é feito o tratamento e eliminação dos focos. Também são recolhidos exemplares das larvas encontradas e encaminhadas para o laboratório do setor, onde é feita a contagem e a identificação das mesmas.


Curta o Varginha Digital no Facebook e acompanhe as notícias também pelo Instagram.

Voltar para a Página Inicial

DEIXE UM COMENTÁRIO

Insira seu comentário
Por favor digite seu nome