Programa Renda Minas irá complementar o valor do auxílio emergencial

Salário
Foto: divulgação

O programa Renda Minas chegará a 977 mil famílias,
dos 853 municípios mineiros.

O Governo de Minas Gerais anunciou o lançamento do Renda Minas, programa de transferência de renda direto e temporário do governo estadual que servirá como um complemento ao auxílio emergencial, do governo federal.

De acordo com o decreto, o benefício vai ser pago para as famílias inscritas no Cadastro Único (CadÚnico) até 11 de julho de 2020 e entregue ao responsável da família cadastrada.

O programa chegará a 977 mil famílias, dos 853 municípios mineiros, incluindo famílias de povos e comunidades tradicionais cadastrados no CadÚnico e com renda per capita de até R$ 89 mensais. No total serão repassados cerca de R$ 346 milhões, o que dá uma média de R$ 117,00 por família, a cada mês.


A secretária de Estado de Desenvolvimento Social (Sedese), Elizabeth Jucá, ressaltou que os recursos são destinados a pautas sociais. “É um recurso carimbado, que não pode ser aplicado em obras ou pagamento de folha, por exemplo. Por isso, não trará prejuízos a outras áreas”, afirmou.

“O auxílio é paliativo, tem hora para começar e acabar. Por isso, também estamos focados em gerar empregos, que é o que realmente trará soluções a longo prazo. Trabalhamos no sentido de desburocratizar e atrair mais investimentos para nosso estado”, finalizou o governador Romeu Zema.


Se você encontrou alguma imagem ou texto em que os direitos autorais não foram creditados, por favor, entre em contato conosco para efetuarmos a correção.

whatsapp varginha digital noticias

Veja também

Siga-nos nas Redes Sociais

Novos Caminhos: plataforma oferecerá curso de especialização para professores
logo varginha digital

Varginha Digital
Notícias de Varginha e região direto no seu celular.
Informação com credibilidade, Varginha em um clique!

DEIXE UM COMENTÁRIO

Insira seu comentário
Por favor digite seu nome