Campanha “Este ano, o Carnaval é pela vida” faz apelo para a população evitar aglomerações

Publicidade

Para evitar aglomerações o ponto facultativo do carnaval foi cancelado pelo estado e diversas cidades do Sul de Minas.

A campanha “Este ano, o Carnaval é pela vida”, apresentada pelo governador Romeu Zema em coletiva de imprensa nesta quarta-feira, 10, faz um apelo pela conscientização sobre a importância de se evitar aglomerações durante o período em que seria comemorado o Carnaval.

O Governo de Minas já decretou que o período do carnaval não será ponto facultativo no estado. Cidades da Sul de Minas, como Varginha e Alfenas também retiraram o ponto facultativo do calendário. O comércio de Varginha vai funcionar normalmente todos os dias da próxima semana.

A medida tem por objetivo desestimular viagens e a ocorrência de eventos que possam gerar aglomeração e provocar o aumento de infecções pelo coronavírus.

Orientação e fiscalização

As Forças de Segurança apresentaram o planejamento estratégico para orientação e fiscalização em todas as regiões mineiras para coibir grandes reuniões e festas, que estão proibidas em todo o estado.

Publicidade

“As Forças de Segurança do Estado se planejaram para que nós venhamos a evitar qualquer tipo de aglomeração, qualquer tipo de evento no estado. Estamos trabalhando em conjunto com todos os municípios. Não queremos que o mineiro se exponha desnecessariamente a riscos. Tivemos um mês de janeiro que, em termos de novos casos de covid e de óbitos, superou qualquer expectativa. Portanto, é momento de ter cautela”, finalizou o governador.

Para reforçar o trabalho de orientação e fiscalização, a Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG) reforçou o seu efetivo que irá trabalhar nas ruas. Além da suspensão de férias no período do Carnaval, militares do setor administrativo e dos cursos de formação serão deslocados para missões e operações em todo o estado.

Segundo o comandante-geral da PMMG, coronel Rodrigo Sousa Rodrigues, serão realizadas ações em regiões com maior número de turistas e histórico de aglomerações, operações Lei Seca em locais de maior fluxo de turistas e monitoramento de eventos e bailes irregulares. As fiscalizações nas rodovias estaduais e federais serão reforçadas.

“A campanha da Polícia Militar traz como lema que o Carnaval é pela vida, então vamos trabalhar para evitar aglomerações. É importante ressaltar que não há nenhum evento carnavalesco planejado e permitido no estado. Se tiver, ele será irregular, por isso é importante a parceria com os municípios, que tem a responsabilidade de fiscalizar. Vamos atuar juntos para evitar que a Covid-19 avance neste período”, afirmou coronel Rodrigo.


Veja também

Siga-nos nas Redes Sociais

Novos Caminhos: plataforma oferecerá curso de especialização para professores

Se você encontrou alguma imagem ou texto em que os direitos autorais não foram creditados, por favor, entre em contato conosco para efetuarmos a correção.

Varginha Digital
Notícias de Varginha e do sul de Minas direto no seu celular.
Varginha em um clique!


Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui