Homem preso por planejar ataque ao Presidente Bolsonaro pede desculpas

Presidente
Foto: divulgação

O homem havia sido preso após publicar nas redes sociais um vídeo afirmando que planejava o ataque a Bolsonaro.

O homem preso, no dia 29 de novembro, por ser suspeito de planejar um ataque ao Presidente Jair Bolsonaro, pediu desculpas pelo ocorrido pelo seu Facebook.

Veja o pedido de desculpas na íntegra:

“Eu evitei postar alguma coisa com relação a tudo que ocorreu, porque eu ainda não estava me sentindo bem, aviso de antemão que tudo que ocorreu não passou de um mal entendido devido a uma brincadeira infeliz que fiz sem total noção das consequências e agora estou pagando caro com relação a isso; o melhor que posso fazer agora é pedir perdão a todas as pessoas próximas a mim que sofreram com isso e procurar resolver tudo o mais rápido possível.

Quem me conhece sabe que eu jamais agiria mal intencionado!

Eu nunca quis tudo isso que estou passando e queria menos ainda que outras pessoas sofressem com tudo.

Acima de tudo, peço encarecidamente o perdão, me sinto completamente arrependido pelo ocorrido e com tudo isso eu pude perceber quem trama e quem ta comigo!
Grato!”

Ele ainda afirma que está fazendo novas redes sociais devido as ameaças que vem recebendo.

Entenda o que aconteceu

Na ocasião da visita do Presidente Bolsonaro em Três Corações, para acompanhar a formatura de sargentos da Esa, Pedro Venicio Souza Rodrigues Ferreira, de 25 anos, postou vídeos nas redes sociais dizendo que estava analisando a área e que, quando o presidente chegasse, iria acertá-lo.

Pessoas que assistiram ao vídeo, viram que Pedro estava no local do evento durante a visita presidencial e avisaram a PM. O suspeito foi encontrado em sua casa e assumiu a autoria do vídeo. Ele foi preso e levado até a sede da Polícia Federal em Varginha.

Veja mais

Voltar para a Página Inicial | Curta o Varginha Digital no Facebook

DEIXE UM COMENTÁRIO

Insira seu comentário
Por favor digite seu nome