Carnaval 2022: cidades históricas mineiras anunciam o cancelamento da festa

Publicidade

As cidades históricas cancelaram o carnaval com temor da quarta onda da Covid-19.

As 30 cidades que fazem parte da Associação das Cidades Históricas de Minas Gerais (ACHMG) anunciaram que vão cancelar as festas de carnaval no ano de 2022.

As administrações municipais temem que a aglomeração possam contribuir para a transmissão do coronavírus em meio ao temor da quarta onda da Covid-19.

“A saúde é sempre prioridade dos nossos governos. Algumas cidades têm vacinação concluída, mas precisamos ter cuidados com as aglomerações, grandes eventos”, afirmou o presidente da ACHMG e prefeito de Itapecerica, Wirley Reis (Têko).

A decisão unanime foi tomada em uma assembleia geral na última sexta-feira (10) na Casa da Ópera, em Ouro Preto.

Publicidade

“Levando-se em consideração as últimas análises do cenário epidemiológico pelas autoridades sanitárias nos âmbitos nacional e estadual, as quais ainda recomendam a adoção de estratégias de prevenção e enfrentamento à Covid-19, a fim de que os avanços conquistados até a presente data com a vacinação não tenham sido em vão e não sofram nenhum retrocesso”, diz a nota oficial publicada pela ACHMG.

Com a decisão, as cidades abaixo não terão eventos oficiais de carnaval:

  1. Brumadinho
  2. Baependi
  3. Barão de Cocais
  4. Bom Jesus do Amparo
  5. Conceição do Mato Dentro
  6. Caeté
  7. Catas Altas
  8. Cataguases
  9. Congonhas
  10. Campanha
  11. Diamantina
  12. Itabira
  13. Itabirito
  14. Itapecerica
  15. Januária
  16. Lagoa Santa
  17. Mariana
  18. Nova Era
  19. Ouro Preto
  20. Ouro Branco
  21. Paracatu
  22. Pitangui
  23. Prados
  24. Santa Bárbara
  25. Serro
  26. São João del-Rei
  27. São Thomé das Letras
  28. Sabará
  29. Santa Luzia
  30. Tiradentes

O cancelamento oficial da festa do Rei Momo não quer dizer que as cidades deverão estar fechadas aos turistas. Como alternativa, pensando, sobretudo, na importância de garantir a manutenção da atividade econômica, a Associação sugere que os gestores incentivem e promovam eventos ligados ao turismo cultural, ecológico e de aventura, visando proporcionar, em um formato adequado à realidade atual, variados atrativos no feriado em questão.

Nas próximas semanas, a Associação Mineira de Municípios – AMM, divulgará um balanço sobre a realização das festas em todas as cidades do Estado. A expectativa é de que a maioria das prefeituras siga o caminho adotado pelas cidades históricas.

Veja aqui quais outras cidades mineiras decidiram cancelar as festas de réveillon e carnaval em 2022.

Veja aqui quais cidades confirmaram as festas de réveillon e carnaval em 2022.


Veja mais notícias no Varginha Digital

Siga-nos no Google News

Participe dos Grupos do WhatsApp e receba as novidades!

Varginha Digital
Notícias de Varginha e do sul de Minas direto no seu celular.

Se você encontrou alguma imagem ou texto em que os direitos autorais não foram creditados, por favor, entre em contato conosco para efetuarmos a correção.

Publicidade

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui