Publicidade

Prazo para inscrições dos cursos gratuitos de Formação Inicial e Continuada (FIC) termina nesta quarta-feira (16). São mais de 9 mil vagas para 43 cursos em MG. Os alunos selecionados receberão ajuda de custo.

Termina nesta quarta-feira (16) o prazo para as inscrições para os cursos gratuitos de Formação Inicial e Continuada (FIC), ofertados pela Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais (SEE/MG).

As formações, que duram em média de 160 a 240 horas, são uma alternativa para quem procura uma qualificação profissional. Os cursos fazem parte do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), atualmente inseridos no projeto Novos Caminhos, do Governo Federal.

Neste ano, são mais de 9 mil vagas para 43 cursos gratuitos em todo o Estado, cerca de 46% a mais de vagas ofertadas em 2021, quando foram abertas 4.280 oportunidades para 10 tipos de formações.

Gustavo Rocha, de 21 anos, fez o curso de promotor de vendas no ano passado, em Orizânia, na Zona da Mata mineira. Ele conta que a experiência foi bem produtiva. “Foi um conteúdo muito proveitoso pra mim. Melhorou bastante a minha vida, porque abre a mente para novos horizontes”. Esse é o mesmo sentimento de Joice Rodrigues, moradora de Cachoeira do Pajeú, no Vale do Jequitinhonha, que também fez o curso de promotor de vendas. Joice relatou que as aulas mudaram o jeito em que ela enxerga o mercado de trabalho. “Eu trabalhei no mercado de vendas por dois anos, mas não sabia colocar todas as normas e práticas em ação. Depois do curso, eu aprendi a colocar a ética, a cidadania, entender o cliente e me expressar melhor sobre o mercado e sobre as vendas também. Então, o curso mudou sim a minha vida e minha forma de enxergar as vendas, tanto online quanto presencial”, revela.

Publicidade
Joice Rodrigues exibindo, com orgulho, o certificado de conclusão do curso de promotor de vendas. Foto: Arquivo Pessoal 

Nelson Rezende, coordenador geral do Pronatec, explica que as formações são uma ótima alternativa para quem busca uma qualificação profissional. “Para quem está procurando emprego ou melhorar a situação profissional, o programa é uma excelente opção pois os cursos possuem curta duração e podem ser concluídos entre 3 a 4 meses. Ao final, o aluno receberá um certificado com validade nacional e com a qualidade de um projeto que vem sendo executado através dessa parceria entre Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais e o Ministério da Educação (MEC)”, explica.

Os interessados em participar de uma das formações podem comparecer à escola ofertante, com o formulário de inscrição preenchido, além do RG, CPF, comprovante de escolaridade e comprovante de residência, até o dia 16 de março. Para saber a relação das escolas, cursos e ter acesso ao formulário de inscrição, acesse o edital no final desta matéria.

Alunos dos cursos FIC também contam com ajuda de custo

A classificação será divulgada no dia 21 de março, em local informado pela escola durante a inscrição. Já a matrícula, em primeira chamada, será realizada entre os dias 22 a 24 de março. O aluno que for chamado, receberá uma ajuda de custo para participar das aulas. “Esses cursos oferecem bolsa formação para o aluno, atualmente no valor de R$ 5,00 por hora frequentada e apurada por relatório de frequência. Esse recurso é destinado ao ressarcimento do valor que o aluno gastará com lanche e transporte para frequentar o curso”, pontuou Nelson Rezende.

Concluinte do curso de promotor de vendas, Salete Souza, do município de Joaíma, no Vale do Jequitinhonha, acredita que a formação no curso pode ser uma oportunidade para driblar o desemprego. “Quando a gente olha os dados de desemprego no Brasil, que são altíssimos, a gente vê o quão esse curso é essencial. Por que, ele ensina muito a respeito do empreendedorismo, das ferramentas que podem ser usadas a favor do empreendedor. Com a experiência do curso, a pessoa se dedicando, sai com técnicas suficientes para começar o seu negócio”, pontua.

Esse pensamento é compartilhado por Janine Braga, de Cachoeira de Pajeú, no Vale do Jequitinhonha. Ela atua há 2 anos no setor de vendas e também participou do curso FIC em sua região no ano passado. Ela pensa em abrir um negócio próprio com a experiência agregada na formação. “O curso instigou minha vontade de empreender e investir no ramo de vendas e trabalhar para mim mesma. Eu consegui colocar em prática tudo aquilo que aprendi em sala e aperfeiçoei o meu serviço. Conhecimento nunca é demais, então faça o curso e se dedique”, conclui.

 Acesse aqui o edital

Fonte: educacao.mg.gov.br


Veja também:

Veja mais OPORTUNIDADES neste link

Veja mais notícias no Varginha Digital

Siga-nos no Google News

Participe dos Grupos do WhatsApp e receba as novidades!

Notícias de Varginha e do sul de Minas direto no seu celular.

Siga o Varginha Digital no

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui